A+ A A-
22-08-2019

“Ninguém está acima da lei!”

Avalie este item
(0 votos)

Sob essa expressão de ordem, a ANFIP-MG participou do Dia Nacional do Luto, mobilização organizada pela DS BH - Sindifisco Nacional que aconteceu nesta quarta-feira (21/08/2019), em todo o país, em que os Auditores-Fiscais protestaram contra os ataques que vêm sendo perpetrados contra a categoria e a Receita Federal do Brasil. Em BH, o ato aconteceu na Delegacia da Receita (DRF-BHE), localizada no bairro Santo Agostinho.

Representaram a Associação a presidente do Conselho Executivo (CE), Ana Maria Morais da Silva; e os vice-presidentes Afonso Ligório de Faria (Executivo); Cássio José de Oliveira (Finanças e Patrimônio); Ilva Maria Franca Lauria (Política de Classe e Cultura Profissional); e Maria de Fátima Carvalho Ponzo (Esportes e Eventos Sociais); bem como a suplente do CE, Maria José Comanduci, além de vários associados.

Os manifestantes repudiaram, veementemente, o afastamento, pelo STF, dos dois Auditores-Fiscais de Vitória/ES que, com base em planejamento fiscal, utilizando critérios técnicos e impessoais, por meio de apuração informatizada, estavam fiscalizando cerca de 133 contribuintes e alcançaram, surpreendentemente, um ministro do STF e seus familiares.

Eles também protestaram contra a interferência política no órgão feita pelo Palácio do Planalto, que ordenou a substituição de dirigentes no Rio de Janeiro sob justificativa de que estariam agindo por interesse político. De acordo com o jornal Estado de São Paulo, o próprio presidente da República teria reclamado “sobre as investidas do órgão contra seus familiares, o que chamou de devassa”.

Por fim, os Auditores não aceitam uma possível transformação da Receita Federal em autarquia, o que foi aventado depois dos acontecimentos recentes. Segundo o governo, a justificativa é blindar o órgão contra pressões políticas. No entanto, a categoria diz que a mudança provocaria exatamente o contrário, ou seja, permitiria o aparelhamento do órgão ao sabor dos interesses dos governos de ocasião.

A vice-presidente de Política de Classe da ANFIP-MG, Ilva Franca, conclamou a categoria a se unir para lutar contra os ataques que a Receita vem sofrendo. “Primeiro, pisaram no nosso jardim, lá na Campanha Salarial [de 2015], quando não cumpriram o acordo. E nós ficamos nas redes sociais achando que ainda éramos autoridades. Depois, quiseram retirar nossas atribuições, especialmente com a MP 871/19, quando tentaram inserir no texto dispositivo que dispunha sobre isso. Mas nós lutamos e conseguimos mantê-las. Agora, o que estão querendo é politizar a Receita Federal do Brasil, tomar conta dela. Isso não podemos permitir. Não adianta só acompanhar e opinar pelas redes sociais. Elas são ótimas para divulgarmos as coisas que estão acontecendo. Mas temos que arregaçar as mangas se quisermos manter a nossa dignidade, nossas atribuições e a Receita Federal do Brasil. Temos que nos unir e participarmos das mobilizações, não só opinando e criticando as entidades representativas. Se estamos desse jeito é porque permitimos”, alertou.

Assista abaixo a alguns discursos dos Auditores-Fiscais:

https://youtu.be/_T4GluQEjKU
https://youtu.be/pc6V112GDTs
https://youtu.be/LbwlDf_Dwww
https://youtu.be/GUzFmIGfX2Q
https://youtu.be/e0f0Y-L5vgc
https://youtu.be/odhEtIXTfQA
https://youtu.be/wCih_1RgqYw
https://youtu.be/3Yx882CeTxc
https://youtu.be/oBd-ywrd3Q4


 

Última modificação em Sexta, 06 Setembro 2019 08:42
Rua Carijós 150, 7° andar - Centro - 30120-060 - Tel: 31-3201-3582 - Belo Horizonte - MG

Copyright by ANFIP-MG 2013. Todos os direitos reservados.

TPL_GK_LANG_LOGIN

Log in to your account or Criar uma conta

TPL_GK_LANG_REGISTER

User Registration
or Cancelar