A+ A A-
03-06-2019

Chapas apresentam proposta de trabalho para a próxima gestão

Avalie este item
(0 votos)

Na programação do último dia da XXVII Convenção Nacional, neste domingo (2/6), os integrantes das duas chapas inscritas ao Conselho Executivo e os candidatos ao Conselho Fiscal foram oficialmente apresentados ao plenário.

Na oportunidade, o candidato à presidência pela Chapa 1 – União e Trabalho, Décio Bruno Lopes, acompanhado dos demais integrantes (confira aqui), apresentou suas propostas de gestão. Décio Lopes anunciou os critérios para a montagem da chapa e afirmou que o Conselho não representará uma ruptura com o trabalho já desenvolvido. Dentre as frentes de trabalho, destacou: defesa intransigente da paridade; da remuneração por subsídio com a incorporação do Bônus; defesa da atuação da Receita Federal; defesa das prerrogativas da carreira tributária e aduaneira; administração tributária forte; defesa da PEC 186/2007 (normas aplicadas à administração tributária); defesa da Previdência Social pública e solidária; defesa de uma reforma que otimize a arrecadação; contra a PEC 6/2019 (reforma da Previdência); dar continuidade ao projeto de Reforma Tributária Solidária; produção de um Manual de Boas Práticas de Gestão; relacionamento amistoso entre os órgãos da ANFIP; aproximação com Estaduais; cordialidade, decisões colegiadas e espírito de equipe; controle rigoroso de processos judiciais; trabalho parlamentar amplo, ordenado e coordenado; trabalho para a entrada de novos associados e manutenção dos atuais. “O futuro é agora! O nosso objetivo maior é que, no futuro, essa entidade exista do jeito que todos nós sonhamos, do jeito que nós a vemos e queremos. Nosso lema é ANFIP para todos, todos somos ANFIP, ANFIP somos nós. ANFIP grande, como nós somos!”, concluiu.

A candidata pela Chapa 2 – ANFIP no Futuro, Sandra Tereza Paiva Miranda, acompanhada dos demais integrantes da chapa (confira aqui), também relatou suas propostas de trabalho. Sandra Miranda falou sobre a marca deixada por todos os colegas que passaram pela Entidade, que a fez forte e respeitada hoje. Declarou a missão de trabalhar prioritariamente pela união dos associados, com a soma da pluralidade de todas as pessoas. “É preciso continuar lutando, diariamente, fazendo um trabalho que ajude a Entidade a trazer o associado para mais perto”, disse. A candidata criticou ainda a perda da remuneração por um Bônus “imaginário”. “Derrubaram a nossa remuneração, agora precisamos lutar”, enfatizou. Para Sandra Miranda, a ANFIP tem um legado em defesa da Previdência Social e trabalhará pela Reforma Tributária Solidária. “Queremos disposição para trabalhar com princípios éticos e respeito uns aos outros. Somos diferentes para criar coisas diferentes. O mundo mudou e não podemos ser como éramos a um minuto atrás. Que sejamos pessoas que levem coisas boas para a categoria”, afirmou, declarando o compromisso em dar continuidade ao trabalho da gestão atual. “E vamos fazer muito mais. Trazemos uma proposta para somar. Queremos trabalhar com todos vocês. Essa é nossa missão”, declarou.

Os candidatos ao Conselho Fiscal Assunta Di Dea Bergamasco (SP), Maria Gorete de Sousa Ramalho Medeiros (PE), Louviral de Melo Lobo (PI), Marinalva Azevedo de Santos Braghini (SP), Waltoedson Dourado de Arruda (DF) e Maria Inez Rezende dos Santos Maranhão (GO) também tiveram a oportunidade de falar ao plenário, todos anunciando a importância do trabalho técnico dos conselheiros que atuam neste grupo.


 

As informações são da ANFIP.

Última modificação em Terça, 18 Junho 2019 09:54
Rua Carijós 150, 7° andar - Centro - 30120-060 - Tel: 31-3201-3582 - Belo Horizonte - MG

Copyright by ANFIP-MG 2013. Todos os direitos reservados.

TPL_GK_LANG_LOGIN

Log in to your account or Criar uma conta

TPL_GK_LANG_REGISTER

User Registration
or Cancelar