A+ A A-
02-08-2019

ANFIP tem um presidente mineiro depois de 33 anos Destaque

Avalie este item
(0 votos)

A gestão da ANFIP no biênio 2019/2021 terá um presidente mineiro após 33 anos, desde quando Cyro Moraes da Franca conduzira as atividades da Associação (1985-1986).

Agora, Décio Bruno Lopes tem a missão de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela Entidade e manter sua tradição de quase 70 anos e excelência na defesa dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, da Seguridade Social e da Justiça Fiscal.

A reunião para assinatura do Termo de Posse dos novos integrantes dos Conselhos Executivo e Fiscal da ANFIP aconteceu no dia 31/07/2019, no Hotel San Marco, em Brasília. A sessão foi conduzida pela coordenadora do Conselho de Representantes, Dulce Wilennbrig de Lima.

Também fazem parte do Conselho Executivo mais 15 Auditores Fiscais, ativos e aposentados, que irão exercer as Vice-presidências da Entidade, e os suplentes que representam as regiões do país (lista completa abaixo).

Para o Conselho Fiscal, tomaram posse como titulares Assunta Di Dea Bergamasco (SP), Maria Inez Rezende dos Santos Maranhão (GO) e Maria Gorete de Sousa Ramalho Medeiros (PE), além dos suplentes Lourival de Melo Lobo (PI), Marinalva Azevedo de Santos Braghini (SP) e Waltoedson Dourado de Arruda (DF).

Além de membros do Conselho Executivo da ANFIP-MG, vários associados mineiros estiveram presentes na solenidade.

Defesa da categoria e de bandeiras sociais

Em seu discurso, na solenidade de posse, que também aconteceu no dia 31/07/2019, Décio Bruno Lopes reafirmou o compromisso em defender não só os direitos e garantias dos associados, como também as principais bandeiras sociais, como uma Previdência Social pública e solidária e um sistema tributário que garanta a justiça fiscal. Também garantiu respeitar as decisões colegiadas das instâncias máximas da Associação. “Se chegamos até aqui é porque a nossa estrutura de gestão, formada por esses três conselhos, foi capaz de construir uma Associação forte e atuante. Várias pessoas já passaram por essas cadeiras e vamos continuar unidos, construindo uma relação amistosa cada vez mais integrada e participativa”, disse, ao repudiar a polaridade tão marcante que as pessoas estão vivendo nos últimos tempos.

Ele também destacou algumas diretrizes dos próximos anos, dentre elas o controle rigoroso de processos judiciais, com implantação de mecanismos capazes de tornar o Departamento Jurídico mais transparente, saneado, ágil e eficaz. Também será reforçada a defesa da Receita Federal do Brasil, da carreira Tributária e Aduaneira e do cargo de Auditor Fiscal. “Manteremos a defesa intransigente da paridade, do direito adquirido e da remuneração sob a forma de subsídio, com a incorporação do Bônus de Eficiência”, afirmou.

Sobre a Previdência, Décio Lopes destacou que a Entidade continuará atuando no contraponto do debate. “É preciso ficar claro que não somos contra reformas. A ANFIP defende reformas que otimizem a arrecadação, que evitem desonerações e renúncias fiscais, que fortaleçam o caixa da Seguridade e da Previdência”, frisou.

A Reforma Tributária Solidária também foi lembrada em seus compromissos. Para o presidente, o projeto realizado em parceria com a Fenafisco (Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital) conquistou o seu caminho e hoje espalha não só informação como conhecimento sobre esse complexo sistema. “Certo é que não existe Estado sem tributação, e neste sentido, o projeto prevê um sistema tributário menos regressivo e baseado no princípio da capacidade contributiva”, enfatizou.

Para finalizar, reafirmou que o compromisso depositado pelo associado será cumprido. “A nossa chapa, União e Trabalho, é composta de associados que comungam o mesmo objetivo em defesa do interesse de seus associados. Nós vamos conquistar uma ANFIP cada vez mais comprometida, unida e aberta ao diálogo de maneira construtiva.”

Confira o discurso na íntegra:


Cumprimento do Estatuto à risca e agradecimentos

Em seu pronunciamento durante a reunião para assinatura do termo de posse, Décio ressaltou que a nova gestão cumprirá rigorosamente o Estatuto da Entidade, ressaltando o encerramento do processo eleitoral. “A eleição acabou, a ANFIP continua. Estamos aqui para cumprir o que o define o Estatuto. Estaremos, efetivamente, dando cumprimento àquilo que for aprovado pelas instâncias máximas da nossa Entidade. Àquilo que temos como ‘bíblia’, o nosso estatuto, que define o nosso funcionamento: órgãos estatutários e decisões colegiadas. Garanto a vocês, que ‘Décio Bruno Lopes’ não assinará nenhum documento que não esteja de acordo com as decisões do Conselho Executivo e, observadas as competências estatutárias, em consonância com o Conselho Fiscal e Conselho de Representantes. Tenho certeza que as nossas relações serão sempre amistosas”.

O presidente eleito também agradeceu todo o apoio recebido durante as eleições e falou da dedicação que sempre teve com a Entidade. “Quero deixar um abraço a todos aqueles que nos apoiaram e que, de uma maneira ou de outra, trabalharam para que nós tivéssemos sucesso. Estamos muito felizes por essa votação. Eu, que já estou no quinto mandato de ANFIP, nunca fiz questão de estar nos registros fotográficos. Eu quis sempre estar nos livros, na academia da ANFIP. Eu sempre quis estar naquilo que precisassem de mim, na mais perfeita felicidade, mesmo não estando no Conselho”, disse Décio Lopes.

Por fim, falou sobre o desejo de formar uma legião nacional em defesa da ANFIP. “Os 16 integrantes do Conselho Executivo estarão à frente, mas, estaremos todos empenhados nessa legião nacional de associados para salvação e manutenção da nossa ANFIP, da ANFIP que nós conhecemos, para o associado, para anfipianos, ANFIP família, ANFIP nós!”, afirmou o novo presidente. (Com informações da ANFIP)

Confira a seguir a composição do novo Conselho Executivo:

Presidente: Décio Bruno Lopes
Vice-presidente Executivo: Márcio Humberto Gheller (PR)
Vice-presidente de Assuntos Fiscais: Eucélia Maria Agrizzi Mergár (ES)
Vice-presidente de Política de Classe e Política Salarial: José Arinaldo Gonçalves Ferreira (RJ)
Vice-presidente de Assuntos da Seguridade Social: Crésio Pereira de Freitas (GO)
Vice-presidente de Aposentadorias e Pensões: Tereza Liduína Santiago Félix (CE)
Vice-presidente de Cultura Profissional e Relações Interassociativas: Albenize Gatto Cerqueira (PA)
Vice-presidente de Serviços Assistenciais: Ariovaldo Cirelo (SP)
Vice-presidente de Assuntos Jurídicos: Maria Beatriz Fernandes Branco (SP)
Vice-presidente de Estudos e Assuntos Tributários: Cesar Roxo Machado (RS)
Vice-presidente de Administração, Patrimônio, Cadastro e Tecnologia da Informação: João Alves Moreira (AC)
Vice-presidente de Finanças: Luiz Mendes Bezerra (PE)
Vice-presidente de Planejamento e Controle Orçamentário: Carlos Alberto de Souza (SC)
Vice-presidente de Comunicação Social: Benedito Cerqueira Seba (MT)
Vice-presidente de Relações Públicas: Maria Aparecida Fernandes Paes Leme (RN)
Vice-presidente de Assuntos Parlamentares: José Avelino da Silva Neto (PB)

Suplentes

Região SUL: Paulo de Freitas Radtke (PR)
Região SUDESTE: Rivaldo Barreto dos Santos (RJ)
Região CENTRO-OESTE: Léa Pereira de Matos (DF)
Região NORDESTE: Lindenbergue Fernando de Almeida (AL)
Região NORTE: Miguel Arcanjo Simas Nôvo (AM)

Última modificação em Segunda, 05 Agosto 2019 09:09
Rua Carijós 150, 7° andar - Centro - 30120-060 - Tel: 31-3201-3582 - Belo Horizonte - MG

Copyright by ANFIP-MG 2013. Todos os direitos reservados.

TPL_GK_LANG_LOGIN

Log in to your account or Criar uma conta

TPL_GK_LANG_REGISTER

User Registration
or Cancelar