A+ A A-
15-12-2017

Confrontado pelo "caródromo", deputado afirma que não concorda com termos da PEC 287

Avalie este item
(0 votos)

As vice-presidentes de Política de Classe e Cultura Profissional e de Esportes e Eventos Sociais da ANFIP-MG, Ilva Franca e Maria José Comanduci, respectivamente, participaram da audiência pública sobre a reforma da Previdência, realizada pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) na última terça-feira (12/12/2017), na Câmara dos Deputados.

Quem presidiu a audiência foi o deputado federal Domingos Sávio (PSDB/MG), com quem Ilva Franca e Maria José tiveram a oportunidade de conversar. Questionado por elas sobre seu posicionamento a respeito da reforma, ele disse que em nenhum momento declarou que é a favor da matéria, embora seu nome e rosto conste no panfleto. "Mostramos para ele o "caródromo" (veja abaixo) e dissemos que o produzimos considerando o levantamento que o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) fez, bem como o posicionamento do deputado na votação da reforma Trabalhista. Durante a audiência, Domingos Sávio disse que não concorda com a PEC 287/2016 do jeito que está. Depois da audiência, Maria José e eu conversamos com o deputado e ele afirmou que não votará a favor da matéria, por considerá-la injusta em alguns pontos", relatou Ilva Franca.

Diante do esclarecimento, as dirigentes da ANFIP-MG prometeram alterar o "caródromo" e informar a Frente Mineira Popular em Defesa da Previdência sobre a reconsideração a respeito do tema, tanto de Domingos Sávio quanto de outros parlamentares. "Diante do fato ocorrido com o Domingos Sávio e com outros deputados que já se manifestaram ser contrários agora, vamos alterar o texto do "caródromo" para "Deputados que VOTAM CONTRA direitos dos trabalhadores" e retirar as fotos dos que voltaram atrás e agora estão contra a PEC 287/2016. O "caródromo" está surtindo um enorme efeito, mas temos que considerar e analisar casos como esse que aconteceu com o Domingos Sávio", ponderou Ilva.

No evento — que contou com a participação do secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, do secretário de Fiscalização da Previdência do Tribunal de Contas da União, Fábio Granja, e do ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira —, o presidente da ANFIP, Floriano Martins de Sá Neto, foi um dos palestrantes (veja aqui a exposição de Floriano).

Última modificação em Quarta, 31 Janeiro 2018 13:04
Rua Carijós 150, 7° andar - Centro - 30120-060 - Tel: 31-3201-3582 - Belo Horizonte - MG

Copyright by ANFIP-MG 2013. Todos os direitos reservados.

TPL_GK_LANG_LOGIN

Log in to your account or Criar uma conta

TPL_GK_LANG_REGISTER

User Registration
or Cancelar